História

9 de janeiro de 2020 às 17:49

A Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) foi criada em 1991 com o objetivo de estimular o intercâmbio de informações e pesquisas sobre hipertensão arterial, educar médicos e profissionais da saúde e promover a detecção, controle e prevenção da doença na população brasileira.

O processo para constituição da nova sociedade começou em 1983 com as Jornadas Integradas de Hipertensão, a cada dois anos, organizadas pela Sociedade Brasileira de Nefrologia (SBN), Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) e Federação das Sociedades de Biologia Experimental (FESBE), com apoio da Sociedade Inter-Americana de Hipertensão (IASH).

Baseado na percepção de que existiam grupos dedicados a hipertensão nas três sociedades surgiu a SBH. O I Consenso Brasileiro para Tratamento de Hipertensão arterial foi redigido em 1990 durante o encontro de especialistas em hipertensão arterial na cidade de Campos do Jordão.

No outro ano, durante o IX Congresso da IASH foi escolhido o comitê de Organização criado para constituir a nova sociedade. Ele era composto por: Oswaldo Ramos (Nefrologia), Emilio Francischetti (Cardiologia) e Eduardo M. Krieger (FESBE). Em 28 de agosto a SBH foi constituída oficialmente.

O primeiro presidente da sociedade foi o Prof. Dr. Eduardo Moacyr Krieger do Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. O presidente atual é o Helio Cesar Salgado, que fica no cargo até o fim de 2019.

Presidentes Anteriores